Livros

#nestórias | o que li

Como tinha dito no início do mês de Novembro, ia fazer algumas leituras para o projeto #nestórias da Mafalda, do canal a Outra Mafalda, que consistia em ler contos ou novelas durante o mês. Tinha planeado ler Objeto Quase de José Saramago e O Vilarejo de Raphael Montes., mas li alguns contos destes livros e ainda li outros. E então vamos lá ver o que eu li para o projeto:

Entre Estantes de Olívia Pilar – 10 pág. – 3,5✰
Um conto muito curtinho que se lê muito rápido e está cheio de diversidade nas personagens. Um conto fofinho que se passa dentro de uma biblioteca, para quem adora livros este é o cenário perfeito. Gostei muito de conhecer a escrita da Olívia Pilar e recomendo a leitura deste conto. Dei 3,5* porque foi tão pequeno que queria mais. Senti falta de mais qualquer coisa sobre a história de Helena e de Isabel. Vou ler mais de certeza desta escritora brasileira. Não vou dizer mais sobre este conto porque não quero estragar a experiência de leitura. 
Tempo ao Tempo de Olívia Pilar – 20 pág. – 4✰
Gostei muito deste conto LGBT e de conhecer a história de Carol e Elisa. Acompanhamos em 20 páginas 30 anos da vida destas duas personagens, que começam começam como melhores amigas e vão descobrir novos sentimentos. Já tinha gostado do conto Entre Estantes e adorei este. Adorei como a autora conseguiu escrever diversos momentos das vidas destas personagens com passagem do tempo muito grande mas sem se perder e num conto bem pequenino. E eu senti mesmo que conhecia bem estas duas personagens, que até são bem diferentes a nível da personalidade. É mais um conto desta autora cheio de diversidade com personagens negras e homossexuais. Recomendo! 
Este conto é do género fantástico que conta a história da pequena Aurora, uma menina cega que tem o dom de ver as auras. E na sua vila existe uma ponte assombrada de almas negras que aguardam serem libertadas. Já tinha lido um conto da autora (Coração de Corda) que tinha gostado muito e este tinha uma ótima premissa, mas não conseguiu cativar-me. Está muito bem escrito, mas senti que a leitura foi muita arrastada e muitas vezes perdi-me na história, por isso as 2*. Esperava muito mais! 
Vilarejo de Raphael Montes – 7 pág. – 4✰
Deste livro só li o primeiro conto, Belzebu – Banquete para Anatole, durante o projeto (depois terminei no início deste mês). Estava eu a ler calmamente o conto e pensar “mas o que vai acontecer aqui!!”, quando surge aquele final. Neste primeiro conto fui logo surpreendida! Um livro com sete histórias bem macabras, associadas a um pecado capital, que ocorrem num vilarejo isolado. A escrita do autor é fantástica e a forma como todos os contos se interligam de maneira a formar uma só história está muito bem conseguida. Acho que todos devem partir para este livro sem saber muito.
Objeto Quase de José Saramago – 136 pág. – 3✰
Li todos os contos durante o projeto #nestórias e já falei aqui no blog sobre este livro. Gostei da minha leitura, o autor em seis contos bem diferentes junta objetos, coisas, seres e humanos. Num breve resumo da minha opinião sobre estes contos, A Cadeira – 4✰ – foi o meu preferido, onde Saramago fala-nos da queda de Salazar, com apenas a queda de uma cadeira. E gostei igualmente de Coisas – 4✰ – uma crítica à sociedade materialista com um forte ponto de vista moral e político. Gostei mas não amei de Refluxo – 3✰ – uma interessante história da construção de um cemitério longe da vista das pessoas, para afastar a morte; e de Centauro – 3✰ – um conto onde não temos objetos físicos, mas sim temos Centauros, sendo uma surpresa para mim o autor escrever um conto sobre estes seres místicos. Não gostei de Embargo – 2✰ – conta-nos a história de um homem que na ida para o seu trabalho fica preso no seu carro. E não consegui entender Desforra – 2✰ – um conto bem pequeno mas que não percebi muito bem. 
Não li todos os contos para este desafio, mas li ainda 8 histórias das 12 que constituem este livro. São pequenas histórias que retratam diversas formas de amor, desejo, sexualidade, como o amor é fácil de se construir e ao mesmo tempo se desintegrar. Adorei os primeiros contos e destaco Amor Livre – 5✰ – que dá titulo ao livro e conta-nos a história´ria da primeira vez de uma rapariga com uma prostituta em Amesterdão; Um texto por Dia – 5✰ – sobre uma rapariga que rasga folhas dos livros enquanto lê e deixa-as espalhadas pelo mundo. Gostei também de Uma Relação Breve – 4✰ – uma relação curta e intensa entre duas mulheres. Uma história de dobrar e desdobrar – 3✰ – uma filha que observa sei pai absorvido nas suas memórias, após a morte de sua mãe, que se desdobra em outros momentos e matérias de que o amor é feito. Jenny Robertson, a sua amiga não pode vir – 3✰ – duas raparigas que vão ao cinema e por mais que um delas queira que estejam as duas sozinhas isso não acontece. Ao cinema – 3✰ – uma mulher que deixou de ir à missa nos domingos de manhã para trabalhar no cinema, que é o dia dos clássicos tendo assim diversas referências cinematográficas. Tocar na Madeira – 4✰ – férias de um casal de mulheres na Grécia. Ferro Frio – 3✰  – um conto cheio de memórias de uma mulher. Estes contos foram os que li para o projeto, acabando por terminar mais tarde o livro todo. Adorei a simplicidade da escrita da autora e o facto de que os seus contos raramente têm um ponto final, podendo haver outras possibilidades. O que torna os contos ainda mais interessantes, já que é um livro de diversos amores retratados de pessoas reais e a vida é assim…incerta. Sendo um livro de contos, houve contos que não achei nada de especial e que pouco ou nada acrescentaram. É importante referir que este livro foi escrito à 20 anos atrás e aborda na maioria dos contos o amor entre duas pessoas do mesmo sexo. Vai ser um livro que vou reler de certeza.   

Concluindo, para o projeto #nestórias li no total 18 contos e 333 páginas. Com estes projetos da Mafalda ganhei o gosto em ler contos e já tenho aqui livros guardados para os próximos #abrilcontosmil e #nestórias. 

E vocês gostam de ler contos? Já tinham lido algum destes que referi? Ou ficaram com curiosidade em ler algum? Digam nos comentários.
Boas leituras!

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

Leave a comment

Deixa um comentário