Vida Simples

Inspiração para uma vida mais simples #2

Aproveite o movimento dos tempos e simplifique, simplifique. E desfrute” – Henry David Thoreau. É tempo de observar a vida de forma simples, para desfrutar cada vez mais. Parar de querer ter as coisas e aprender a distinguir o que é e o que não é realmente necessário. Perguntar-me sempre se é bom para mim? Se é o que eu gosto? Se é o que me faz feliz?

Quero eliminar o supérfluo para poder dedicar-me por inteiro às coisas e às pessoas que realmente me interessam. Fazer da nossa casa um lugar mais simples, organizado e cheio de coisas que nós gostamos. Aliviar a carga da minha vida e viver mais leve, sem olhar muito para o passado e, por vezes, espreitar para o futuro sem muitas expectativas. São estas coisas que desejo alcançar com a simplificação da minha (nossa) vida…

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

2 Comments

  • Reply Marta Chan

    Em relação aos bens materiais já consegui atingir um bom patamar, raramente compro algo desnecessário e o que tenho em casa sem uso ofereço.

    Quanto às pessoas como conheço tannnnnta gente decidi fazer uma lista das pessoas que realmente importam e dispender o meu tempo com elas, seja a telefonar, tomar café, enviar mensagens. No ano passado apercebi me que gasto imenso do meu tempo com conhecidos que não me dão valor. Amigos para saidas há muitos 😀

    Boa sorte Raquel, estamos juntas!

    Janeiro 15, 2019 at 23:56
    • Reply Raquel Silva

      Estou como tu…os bens materiais não é o meu grande problema, aliás consigo bem desapegar-me das coisas materiais. Mas o meu maior problema são mesmo os sentimentos e a minha relação com o passado. Difícil de desapegar! Beijinhos 😉

      Janeiro 16, 2019 at 8:00

    Deixa um comentário