Livros

So happy with Nonfiction| Março: Biografias

Então vamos ler Biografias! O primeiro sub-género votado no clube So happy with Non Fiction foi Biografias, depois de uma disputa bem renhida com o sub-género Feminismo. Na minha opinião vamos começar muito bem! Biografias é provavelmente o sub-género literário de não-ficção que me tem despertado mais interesse. De um modo geral as biografias contam a vida de alguém conhecido e confesso que tenho muitas debaixo de olho para ler. Hoje trago algumas sugestões e a minha escolha para ler no mês de Março.

sohappywithless_sugestões

Sei Porque Canta o Pássaro na Gaiola de Maya Angelou
É um livro de memórias escrito em 1969, onde a autora Maya Angelou relata a sua infância e juventude, nos anos 30 e 40, e devolve-nos o olhar de uma extraordinária criança sobre a violência inexplicável do mundo dos adultos e a crueldade do racismo, na procura da dignidade em tempos adversos.

Eu Serei a Última de Nadia Murad
Um testemunho íntimo de sobrevivência, uma história terrível e inspiradora. Nadia Murad com 21 anos, foi sequestrada e vendida como escrava sexual. Os soldados das tropas do Estado Islâmico, que invadiram a sua aldeia, torturaram-na e violaram-na repetidamente até que, numa noite, conseguiu fugir pelas ruas de Mossul. Para que a história não se repita, Nadia escreveu este livro. Um livro que sempre tive curiosidade, mas depois de ter recebido o Prémio Nobel da Paz fiquei com a certeza que o iria ler.

Sou Um Crime – Nascer e crescer no apartheid de Trevor Noah
Este livro conta a vida de Trevor Noah, o apresentador do The Daily Show, um dos rostos mais famosos da televisão americana e um humorista reconhecido em todo o mundo. Mas no dia em que nasceu era um crime – ou seja, era filho de mãe negra e pai branco. Para manterem uma relação inter-racial e para criarem este filho, os pais de Noah desafiaram as leis do apartheid na África do Sul. Temos relatos de um rapaz, que se sentia desconfortável nas zonas dos brancos e nos subúrbios dos negros.

Mariposa de Yusra Mardini
Uma novidade da Saída de Emergência que me deixou curiosa. Mais um relato de sobrevivência. Yusra Mardini abandonou a Síria com apenas 17 anos, depois de uma bomba destruir o telhado da piscina onde costumava treinar. Juntamente com a irmã mais velha, embarcou num bote sobrelotado de refugiados em direção à costa da Turquia. Que se atirou ao mar para salvar os refugiados que estavam nessa embarcação, quando esta começou a afundar. E que mais tarde realizou o seu sonho de se tornar nadadora olímpica.

sohappywithless_sugestões2

José Saramago – Rota de Vida – Uma biografia de Joaquim Vieira
Esta biografia ai ser mesmo lida este ano, desde que a vi nas férias do Natal na livraria que fiquei logo com vontade de ler. Esta biografia traça o percurso de José Saramago, o nosso Vencedor do Prémio Nobel da Literatura. Temos o relato de vida de uma das mais importantes personalidades da cultura portuguesa, debruçando-se tanto sobre a sua intensa atividade criativa como sobre a sua atribulada vida privada.

Eu, Malala – A minha luta pela liberdade e pelo direito à educação de Malala Yousafzai e Christina Lamb

Uma biografia que quero ler há imenso tempo. Malala Yousafzai é uma das voz mais conhecida em todo o Paquistão por lutar pelo direito à educação de todas as crianças, especialmente das raparigas. Aos 15 anos, quando regressava a casa vinda da escola um homem armado disparou três vezes sobre ela. Esta é a história, contada na primeira pessoa, da menina que se recusou a baixar os braços e a deixar que os talibãs lhe ditassem a vida.

Frida Kahlo – Uma biografia de María Hesse
Uma biografia muito bem conseguida pela editora Suma de Letras, não é sou um livro com a história de vida de Frida Kahlo, é também um belo passeio ilustrado pela vida e obra da artista. Um livro inspirado pelas experiências da icônica pintora mexicana, desde a sua infância, passando pelo acidente traumático que mudaria sua vida e sua arte, seu amor complicado por Diego Rivera e a feroz determinação que a levou a se tornar uma grande artista.

O Poço e a Estrada – Biografia de Agustina Bessa-Luís de Isabel Rio Novo
Agustina: uma mulher controversa, uma vida extraordinária, uma obra genial. Através de uma pesquisa extensiva e rigorosa, baseada em dezenas de entrevistas, testemunhos, documentários, registos oficiais e textos epistolares, estabelecendo pontes constantes com a obra literária de Agustina, Isabel Rio Novo, uma das mais talentosas romancistas portuguesas da atualidade, reconstitui o percurso de vida de uma figura ímpar da nossa cultura contemporânea, numa biografia que se lê como um romance.

Leituras_So Happywith Less (2)
A minha escola para este mês vai ser Becoming, A Minha História de Michelle Obama, um livro que me foi oferecido no Natal e quero muito ler. Desde que saiu esta biografia tenho interesse em ler e ultimamente muitas pessoas têm lido e dado boas opiniões. Sei que é um livro de memórias, uma obra de reflexão profunda, onde Michelle Obama nos convida a entrar no seu mundo, relatando as experiências que a moldaram, desde a infância na zona sul de Chicago, passando pelos anos como executiva, equilibrando as exigências da maternidade e o trabalho, até ao tempo passado no endereço mais famoso do mundo. Confesso que estou com algumas expectativas!!

Como já referi no post sobre o Clube Literário, não há obrigação e quem quiser participar basta partilhar o livro escolhido e quando terminarem a leitura, partilhar a opinião no grupo no Facebook. Utilizem a hashtag #sohappywithnonfiction nas vossas partilhas, para no final do mês eu juntar todos os links das vossas opiniões e compilar tudo de forma a termos várias indicações literárias de não-ficção.

Vão participar? Qual é o livro que vão ler?

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

Leave a comment

Deixa um comentário