Livros Opinião

Ladrão de Cadáveres de Patrícia Melo

Título: Ladrão de Cadáveres
Autor(a): Patrícia Melo
Onde comprar: Wook ou Bertrand

Ladrão de Cadáveres de Patrícia Melo foi um livro que comprei por ser daquelas edições da Quetzal a 5€, com as quais já tive algumas surpresas e porque queria conhecer novos autores brasileiros no projeto #abrillerbrasil. Uma leitura interessante e que nos leva a refletir sobre essência dos nossos sentimentos.

So Happywith Less (1)

O história começa quando o nosso protagonista testemunha ao despenhamento de um avião e vai auxiliar o piloto que está gravemente ferido e acaba por não sobreviver. Após a sua boa acção, o nosso protagonista apercebe-se de que pode lucrar com isso e assim começa um rol de acontecimentos em que tudo pode correr bem e ao mesmo tempo, tudo pode correr mal. Ao longo do livro vamos conhecendo diversas personagens que nos mostram um seu lado bom nos primeiros momentos, mas acabam todos por mostrar um lado mais obscuro.

⠀ “Durante muito tempo, acreditei que a maldade era um aprendizado lento. Naqueles dias, compreendi finalmente que é a bondade que se aprende com dificuldade (…). A maldade, essa, já nascemos com ela inoculada dentro de nós, como um vírus inativo, que apenas espera o momento de aflorar.” ⠀

A autora disseca implacavelmente os caminhos da corrupção da alma, como está escrito na capa do livro. Passa a mensagem que todos temos um lado mau, que pode surgir por diversas razões. A ganância, a traição e a ambição por dinheiro pode levar as pessoas a terem comportamentos questionáveis. Se no início pensei que seria uma leitura compulsiva, no meio do livro acabei por me perder um pouco na narrativa e não simpatizei nada com o protagonista. No entanto na segunda parte do livro, a história volta a prender a minha atenção.

So Happywith Less (2).png

A edição da Quetzal é lindíssima e com uma capa que nos remete para uma história macabra e violenta, mas adianto que não há nada de violento na história, só que não deixa de ser macabro ver o que a ganância pode levar um individuo a fazer. Gostei de conhecer a escrita da autora, mesmo sendo um livro escrito em português do Brasil (o que pode incomodar algumas pessoas) e uma forma peculiar de estruturar os diálogos. Não é um livro extraordinário mas vale a pena dar uma oportunidade a esta autora brasileira.

Sendo esta leitura a minha escolha para o clube #umaduziadelivros cujo o tema de Abril era ler um autor desconhecido. E na verdade a literatura brasileira não é muito conhecida em Portugal.

Classificação: ★★★✩✩

Partilha a Opinião literária de Ladrão de Cadáveres de Patrícia Melo no Pinterest.

Pinterest


O blog é afiliado da Wook e da Bertrand. Ao comprarem os livros usando os links disponibilizados, estão a contribuir para o seu crescimento literário. Obrigada!!

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

Leave a comment

Deixa um comentário