Livros

So Happy with Non Fiction | Sub-género para Junho

Novo mês e novo sub-género de não-ficção para o clube So happy with Non Fiction e hoje trago as minhas três escolhas para irem a votação. Continuo a seguir as sugestões dadas no grupo do facebook e escolhi três: Cartas, Minimalismo e Política. E como tenho vindo a fazer, trago quatro sugestões para cada sub-género para ajudar na escolha.

Cartas é sub-género que pode estar inserido na Biografias, porque trazem-nos sempre algo da vida de quem as escreveu. Podem ser um livro de cartas que retrata um momento vivido por duas pessoas, de cartas trocadas ao longo de uma amizade ou de um amor, como também um livro de cartas ao leitor.

sohappywithnonfiction1

Novas Cartas Portuguesas de Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa e Maria Teresa Horta
Cartas a um Jovem Poeta de Rainer Maria Rilke
Com o Mar por Meio. Uma Amizade em Cartas de José Saramago e Jorge Amado
Cartas a Milena de Franz Kafka

Minimalismo é um sub-género que gosto muito e tenho sempre uma lista enorme de livros que quero ler. Livros que nos ajudam a compreender um pouco este estilo de vida, em que menos é mais. Em como viver com o essencial para cada um de nós e eliminar tudo o resto. Já fiz uma publicação aqui no blog com 5 livros sobre Minimalismo.

sohappywithnonfiction2.png

A Arte Sueca de Deixar a Vida em Ordem de Margareta Magnusson
Simplicidade Voluntária de Duane Elgin
Simplifica a tua Vida de Rute Caldeira
Simplificar de Brooke McAlary

Política um sub-género que nunca li mas tenho interesse em alguns livros, para perceber melhor certos assuntos governamentais que nos afectam. Como é feita a regulação dos assuntos públicos e os métodos ou as tácticas usados ​​para formular e aplicar determinadas políticas. Com também perceber um pouco do que vai na cabeça de certos políticos.

sohappywithnonfiction3.png

Marcelo – Presidente todos os dias de Felisbela Lopes e Leonete Botelho
O Fim do Homem Soviético de Svetlana Alexievich
Como Morrem as Democracias de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt
Medo – Trump na Casa Branca de Bob Woodward 

Vou deixar a votação no grupo do facebook e no dia 27 de Maio, digo qual o resultado. Até lá vamos estar a ler sobre Memórias e não se esqueçam de falarem um pouco sobre o livro que leram, seja no blog/youtube ou no instagram, não importa a rede social. Utilizem a hashtag #sohappywithnonfiction para que todos os membros do clube possam conhecer as vossas escolhas.


O blog é afiliado da Wook. Ao comprarem os livros usando os links disponibilizados, estão a contribuir para o seu crescimento literário. Obrigada!!

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

2 Comments

  • Reply Ensaio sobre o desassossego

    Sei que estou sempre a puxar para a Svetlana, mas “O fim do homem soviético” é incrível, assim como o “Vozes de Chernobyl”, que me farto de recomendar 🙂

    No subgénero das Cartas, não consigo escolher um, quero mesmo ler todos! Mas só de imaginar a correspondência trocada entre o Saramago e o Jorge Amado… ahhh, deve ser maravilhosa

    Beijinhos

    Maio 21, 2019 at 12:15
    • Reply Raquel Silva

      As Vozes de Chernobyl estou a terminar agora de ler é um livro fantástico mas duro de se ler. O fim do Homem Soviético vou o ler mesmo que não seja este mês. Já li o das cartas do José Saramago com o Jorge Amado e amei. Beijinhos!!

      Maio 21, 2019 at 13:21

    Deixa um comentário