Vida Simples

10 Pequenos Passos Minimalistas que podes dar

Na semana passada falei de Como é o meu Minimalismo, mas numa definição geral o Minimalismo é livrarmos-nos de todos os excessos, de todas as coisas (objetos, roupas, sentimentos, pensamentos, compromissos, etc.) que não são essenciais. É focar apenas no essencial, no que é realmente importante para nós. Mas como qualquer mudança na vida, leva tempo e devemos desfrutar da viagem e ir aos poucos inserindo novos hábitos.

O Minimalismo está disponível para todos. Não é algo exclusivo de um grupo de pessoas que vivem com x números de coisas ou que guardam todos os seus pertences numa mala. Uma das coisas mais importantes a saber sobre o Minimalismo é que ele pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes. Provavelmente vai significar uma coisa a uma pessoa jovem solteira e algo totalmente diferente para alguém que é casado e tem uma família. Cada um de nós somos livres de construir o nosso próprio minimalismo.

Podes gostar de ler também: O Quanto Somos Minimalistas!?

Uma viagem pelo Minimalismo é, definitivamente, uma maratona e não um sprint. As mudanças internas e externas não vão acontecer de forma rápida e não vai ser uma única viagem. No entanto, é importante manter o mesmo ritmo, tentar não desanimar e apreciar as pequenas vitórias ao longo da viagem.

Joshua Becker no seu livro “Simplify” diz:
“As nossas ações estarão sempre a seguir o verdadeiro desejo de nosso coração. O que o nosso coração acredita e ama sempre determina o caminho da nossa vida. Podemos mascarar nossos verdadeiros desejos durante um determinado tempo. Mas sem uma verdadeira mudança no coração, nós vamos sempre voltar ao primeiro amor de nosso coração. Esta verdade se aplica a todas as áreas da vida: a nossa energia, o nosso tempo, os nossos relacionamentos, a nossa espiritualidade, o nosso dinheiro e os nossos bens. Antes de qualquer um de nós simplificar nossas casas e vidas, devemos estar convencidos de que este estilo de vida vale a pena o nosso esforço.”

Se queremos ver resultados, as mudanças que temos de fazer na nossa viagem pelo Minimalismo têm de partir da nossa vontade, de uma decisão nossa e têm de ser feitas o tempo todo. Claro que não precisamos de ser radicais e querer fazer logo toda uma mudança na nossa vida. Se conseguirmos fazer essas grandes mudança, isso é ótimo!! Mas existem pequenos passos que podemos fazer hoje e podem-nos levar a onde queremos nesta viagem para uma vida com menos excesso.

Os 10 Pequenos Passos Minimalistas que podes dar:
  • Comprar Menos – Economizar Mais
  • Assistir Menos Televisão – Ler ou Falar Mais
  • Conduzir Menos – Andar a pé, de Bicicleta ou Descansar Mais
  • Programar Menos – Prosseguir Mais Tempo Livre
  • Discutir Menos – Debater e Respeitar Mais
  • Preocupar-se Menos – Procurar Mais a Paz
  • Organizar Menos – Priorizar Mais
  • Guardar Menos – Destralhar Mais
  • Trabalhar Menos – Desconectar Mais
  • Consumir Menos – Dar mais

(Estes 10 pequenos passos minimalistas foram retirados do ebook The Minimalist Within de Faith Janes, blogger do Minimalist at Home.)

Lembrar sempre que nada muda do dia para a noite, mas o importante é tomar a decisão de percorrer esta viagem. E priorizar! O primeiro passo não deve ser organizar, mas sim priorizar. Refletir quais são as nossas prioridades, torna muito mais fácil decidir o que é preciso ser eliminado. Devemos perguntar a nós mesmos o que é realmente importante para nós. Todo o processo começa com uma reflexão, uma auto-análise para então dar inicio a todo este processo.

“All of life is a journey. Which paths we take, what we look back on, and what we look forward to is up to us.” – Tudo na vida é uma viagem. Os caminhos que tomamos, o que olhamos para trás, e o que esperamos para nós, depende de nós. – A Little Book of Happiness

Pessoalmente, tenho a certeza que é este o caminho que quero seguir, mesmo com pequenos passos. Sei que continuo com excesso de bens materiais, mas sei que o meu eu interior está mais livre.

Para te inspirar guarda este artigo no Pinterest

Pinterest (4)

Créditos da imagem | Annie Spratt em Unsplash

 

 

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

Leave a comment

Deixa um comentário