Livros

So happy with Nonfiction | Agosto: Viagens

Após um tempo de refleção e ter questionado no grupo do facebook o que achavam melhor decidi que vou continuar a fazer sugestões todos os meses de um sub-género a ler. Mas para haver mais partilha entre os membros do grupo penso ser mais interessante não haver um sub-género “obrigatório” por mês. Assim para o mês de Agosto, o mês de férias para muitas pessoas, escolhi o sub-género Viagens.

Viagens vai ser o sub-género que vou ler em Agosto para o clube So happy with Non Fiction. Livros sobre Viagens têm como foco contar histórias sobre lugares reais, que podem ser em forma documentário, jornalístico, com ou sem humor. A escrita de viagens é frequentemente associada ao turismo e inclui obras de natureza efémera, como os guias, com a intenção de explicar ao leitor tudo sobre o destino, fornecer conselhos úteis para quem visita o destino e inspirar a viajarem até ao destino. 

Podem encontrar no Goodreads uma lista com os livros mais lidos de viagens. E trago algumas sugestões:

sohappywithnonfiction_agosto_viagens.png

Uma Volta ao Mundo com Leitores de Sandra Barão Nobre. Um livro com textos, fragmentos do diário, entrevistas a leitores e narrativas de viagem, escritos durante uma viagem que a autora fez a 14 países, como Tailândia, Laos, Vietname e Camboja.

Viagem a Portugal de José Saramago. Um livro do nosso Prémio Nobel da Literatura sobre o nosso país. Entre Outubro de 1979 e Julho de 1980, Saramago percorreu o país lés a lés a convite do Círculo de Leitores. Disse o autor após esta viagem, que «o fim de uma viagem é apenas o começo de outra.

A Arte da Viagem de Paul Theroux. Cinquenta anos de viagens celebrados por uma recolha de textos que formaram Paul Theroux enquanto leitor e enquanto viajante. Um manual literário de viagem, um guia filosófico, uma antologia de grandes autores que viajaram, entre eles Theroux.

Livre de Cheryl Strayed. Um livro que já li e adorei! A autora, aos 26 anos, tinha perdido tudo – o casamento, a família, a estabilidade profissional. Sem nada a perder, Cheryl decidiu embrenhar-se sozinha na natureza selvagem, percorrendo a pé, durante três meses, mil e setecentos quilómetros do Pacific Crest Trail.

sohappywithnonfiction_agosto_viagens2.png

Yoga para pessoas que não estão para fazer yoga de Geoff Dyer. Um livro sobre uma viagem por paisagens reais – Amsterdão, Cambodja, Roma, Indonésia, Nova Orleães, Líbia, deserto do Nevada – , por histórias, ideias, poemas e todos os labirintos da imaginação. O autor tem diversos livros sobre viagens e este desperta muita curiosidade.

Por Aqui e Por Ali de Bill Bryson. Neste livro temos pessoas comuns que se esfalfam para subir um monte, que ficam histéricas com os animais selvagens. O autor decidiu com o seu amigo Stephen Kaz fazer três mil quilómetros pela floresta durante vários meses, percorrendo a pé o mais longo trilho do mundo. Já foi adapta para o grande ecrã e promete ser bem humorado.

Dentro do Segredo de José Luís Peixoto. A estreia deste autor português na literatura de viagens, que leva-nos através de um olhar inédito e fascinante ao quotidiano da sociedade mais fechada do mundo, da Coreia do Norte. Repleto de episódios memoráveis, num tom pessoal que chega a transcender o próprio género, este livro é um relato sobre o outro que, ao mesmo tempo, revela muito sobre nós próprios.

O Lado Selvagem de Jon Krakauer. Já vi o filme mas quero ler este livro, baseado no caso real de Christopher McCandless, um jovem de 22 anos que, ao terminar a faculdade, doou todo o seu dinheiro a uma instituição de caridade, mudou de identidade e partiu em busca de uma experiência que transcendesse o materialismo do quotidiano. Uma viagem que termina com a sua morte no Alasca. Uma morte misteriosa!!

So Happywith Less (5).png

A minha escolha para este mês vai ser África Acima de Gonçalo Cadilhe, um livro cedido gentilmente pela editora Clube do Autor. Um livro que nos traz a viagem fascinante que Gonçalo Cadilhe fez ao continente africano, sem recorrer ao transporte aéreo. Em autocarros e comboios, em balsas e bicicletas de ocasião, à boleia em camiões ou a pé com a mochila às costas, o viajante atravessou África desde o cabo da Boa Esperança, no extremo Sul, até ao estreito de Gibraltar, no longínquo Norte. Já ouvi falar muito bem deste livro e espero que o autor me leve a viajar por África.

Não se esqueçam de partilhar o livro escolhido e quando terminarem a leitura, é importante que falem um pouco sobre o vosso livro e partilhar no grupo no Facebook, para que todos os participantes possam descobrir novas leituras. Utilizem a hashtag #sohappywithnonfiction nas vossas partilhas, para no final do mês eu juntar todos os links das vossas opiniões e compilar tudo de forma a termos várias indicações literárias de não-ficção.

Vão participar? Qual é o livro que vão ler?

Guarda as sugestões dos 8 Livros de Não-Ficção de Viagens no Pinterest

Pinterest (3).png


O blog é afiliado da Wook. Ao comprarem os livros usando os links disponibilizados, estão a contribuir para o seu crescimento literário. Obrigada!!

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

2 Comments

  • Reply Marta Chan

    Uma volta ao mundo com leitores achei a premissa interessante mas não fiquei fã do livro. Livre só vi o filme e se da primeira vez adormeci, da segunda fiquei tão inspirada! O lado selvagem não gostei do livro nem em inglês nem em português mas adorei o filme.

    Sabes que sou super apaixonada pelo tema viagens, em livros ou o que seja =)
    Recomendo muito os livros Daqui Ali do Pedro on the Road (António Pedro Moreira), Até lá Abaixo e Nunca é tarde, também são viagens alucinantes.

    Agosto 13, 2019 at 11:36
    • Reply Raquel Silva

      O Livre li o livro e vi o filme, gostei mais do livro mas o filme está muito bom. O Lado Selvagem vi o filme e gostei muito mas não li o livro. Vou guardar as tuas recomendações 😉 Obrigada!

      Agosto 14, 2019 at 5:34

    Deixa um comentário