Vida Simples

Ser Feliz numa Casa Pequena

É verdade que nunca estamos satisfeitos com o que temos e achamos sempre que precisamos de mais coisas, por exemplo de uma casa maior ou de um carro maior. Mas o Minimalismo ajudou-me a ser feliz na minha pequena casa

Aliás eu nunca desejei viver numa casa grande, talvez por influência da minha mãe que sempre disse que não gostava de casas grandes, só de pensar no tempo que iria perder em limpá-la! Uma casa pequena não significa falta de conforto, pelo contrário as vantagens de viver num espaço pequeno são muitas, pois faz-nos perceber que pode-se viver bem com menos coisas e ensina-nos a escolher o que é mesmo importante para nós. Para além de que é:

  • Mais barato,
  • Mais dinheiro que se poupa,
  • Mais fácil para limpar e para manter,
  • Mais tempo livre,
  • Mais interação entre nós,
  • Mais acolhedora…

Significa também:

  • Menos tralha,
  • Menos horas a limpar,
  • Menos stress com a organização,
  • Menos gastos energéticos,
  • Menos pegada ecológica.

Ou seja, para mim…Mais liberdade e Mais felicidade. Assim, se confirma que “Less is More“.

No entanto, já tive uma fase na minha vida que achava que não tinha espaço para nada e matava a cabeça a pensar em como ia conseguir organizar tudo o que tinha em tão pouco espaço. Ao longo do tempo, tenho vindo a aprender a viver num espaço pequeno e hoje em dia sinto que é o suficiente para mim e para a nossa família. Também o destralhamento inicial que fiz nesta casa ajudou-me imenso.

Podes ler também: 8 Passos para Destralhar a Casa

Deixo algumas dicas, que tenho aprendido, para desfrutar e ser feliz numa casa pequena:

  1. Manter a casa o mais simples possível. Ter apenas o mobiliário essencial e uma decoração simples, com alguns detalhes de forma a ficar mais acolhedor, bonito e funcional.
  2. Ter a casa organizada e limpa, tudo deve ter o seu lugar. A desorganização é poluição visual e torna os espaços menores.
  3. Planear bem e com tempo o layout e decoração de cada divisão. Evitar as compras por impulso ou porque pensamos que devemos ter determinadas coisas em casa só porque é “normal”.
  4. Explorar a entrada de luz natural e evitar as cores escuras nas paredes, ajuda a manter o ambiente mais alegre.
  5. Sermos felizes com o que temos, em vez de estar sempre à procura de mais e maior. Nós não precisamos de tanta coisa como pensamos. A vida torna-se mais fácil quando há menos coisas, por isso é mesmo possível viver com menos do que temos.

Estas dicas também servem para casas grandes, mas termos estas dicas em mente para as casas pequenas ajuda-nos a libertarmos-nos da ideia de que maior é melhor!

Se sentes que tens uma casa pequena, espero ter ajudado.

Guarda no Pinterest estas dicas para Ser Feliz numa Casa Pequena

créditos da imagem | elizabeth lies on Unsplash

Previous Post

Também podes gostar de:

Leave a comment

Deixa um comentário